Notícias

[ITTC – Documenta] – Mulheres “Mulas”: Vítimas do Tráfico e da Lei – Sônia Drigo

fev 27, 2014 ittc

As mulheres que transportam drogas, muitas vezes de um país para outro, são conhecidas como “mulas do tráfico”. Apesar de muitas estarem em situação de vulnerabilidade, elas são presas e condenadas como traficantes e acabam em um limbo jurídico e social que desconsidera suas trajetórias pessoais, ignorando que muitas foram vítimas do tráfico de pessoas. As peculiaridades do encarceramento feminino, e sua relação com o tráfico de drogas e o tráfico humano, é um dos temas mais debatidos no ITTC – Instituto Terra, Trabalho e Cidadania.

Sônia Drigo, advogada, aborda como a mulher ‘mula’ já entra no processo condenada. Outra preocupação da advogada é quanto às grávidas e como o processo da prisão acaba favorecendo que essas mulheres percam a guarda dos seus filhos. O vídeo foi realizado durante um debate no ITTC, que se dividiu em duas partes: uma breve apresentação do parecer feito por uma especialista no tema, e um momento de debate aberto para identificar possíveis estratégias que viabilizem na legislação brasileira um tratamento mais humanizado para a pessoa qualificada como ‘mula’ do tráfico de drogas.

Compareceram representantes da Defensoria Pública de São Paulo, Defensoria Pública da União, Pastoral Carcerária – CNBB, Cáritas Arquidiocesana de São Paulo, Missão Paz, CRB Nacional – Conferência Dos Religiosos Do Brasil, Elas por Elas – Vozes e Ações das Mulheres, MCTP – Movimento contra o Tráfico de Pessoas, CLADEM Brasil, Casa de Acolhida das Mulheres de São Paulo, Advogados e Jornalistas.

Durante a semana iremos divulgar pequenos vídeos, com as opiniões dessas instituições a respeito do tema.
Acompanhe!

Faça o download do Parecer Técnico AQUI ! parecer