Notícias

Manaus: presídio feminino será aberto já com superlotação

abr 04, 2014 ittc

O governo do estado do Amazonas deve entregar em abril o novo Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), em Manaus, com capacidade para 182 vagas, mas a unidade prisional já deve começar a funcionar com superlotação carcerária, pois a Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejus) anunciou que as 353 presas da Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa para lá serão transferidas.

Segundo o secretário da Sejus, coronel Louismar Bonates, o novo complexo prisional, que teve obras iniciadas em junho de 2013, deve ser inaugurado até a segunda quinzena de abril. Estaria pronto em março, mas houve atrasos por conta do período de chuvas. A secretaria estuda, ainda, construir uma segunda cadeia feminina neste mesmo complexo.

O Amazonas é o quarto estado do país no ‘ranking’ de superlotação carcerária. Segundo dados do Ministério da Justiça, até o primeiro semestre de 2013, haviam 2,25 detentos para cada uma das vagas ofertadas nas unidades prisionais. Com uma população carcerária de 8.416 presos até a primeira quinzena de fevereiro de 2014, segundo a Sejus, o estado apresentava 4,5 mil pessoas presas além da capacidade de ocupação dos cárceres.

—————

Fonte: Pastoral Carcerária