Artigos do ITTC Blog Notícias

Projeto Vidas Refugiadas traz exposição fotográfica para o Museu da Imigração

mar 23, 2017 ittc

A exposição itinerante volta a São Paulo depois de um ano pelo país e revela a realidade de mulheres refugiadas

projeto-vidas-refugiadas-traz-exposicao-fotografica-para-o-museu-da-imigracao
Foto: Victor Moriyama

Depois de um ano de itinerância, a exposição Vidas Refugiadas volta a São Paulo com apoio do Instituto de Políticas Públicas de Direitos Humanos (IPPDH) do Mercosul. A abertura ocorreu no dia 18 de março e contou com a presença de Gabriela Ferraz, idealizadora do projeto, Victor Moriyama, fotógrafo, Corina Leguizamon, diretora de comunicação do IPPDH e Juliana Tubini, assessora da Coordenação de Políticas para Migrantes da Secretaria Municipal de Direitos Humanos.

No bate-papo realizado na abertura, Nkechinyere Jonathan e Maria, mulheres refugiadas retratadas na mostra fotográfica, falaram sobre a invisibilidade que sofrem, a burocratização e a ausência de políticas acolhedoras para refugiados. Segundo elas, a realidade das pessoas em refúgio é marginalizada para a sociedade civil, e é necessário entender que estar em refúgio é uma circunstância e não as define como pessoa.

projeto-vidas-refugiadas-traz-exposição-fotografica-para-o-museu-da-imigracao
Da esquerda para a direita, Juliana Tubini, Corina Leguizamon, Nkechnyere Jonathan, Maria e Gabriela Ferraz

Composta por 22 fotos, a exposição retrata a trajetória de mulheres, muitas vezes invisibilizadas, que tiveram de abandonar sua história e vida no país natal para ter garantidos direitos básicos, como a liberdade, ou para fugir de uma situação de violência.

O projeto Vidas Refugiadas traz foco à realidade das mulheres que estão em refúgio no Brasil, traçando suas histórias de perda, nostalgia e deslocamento por não pertencer ao espaço onde têm de reconstruir suas vidas e abre caminhos para políticas públicas mais acolhedoras e que supram suas necessidades.

A exposição ficará aberta para visitação até o dia 28 de maio no Museu da Imigração, das 9h às 17h de terça a sábado e das 10h às 17h aos domingos. A entrada é franca. Para mais informações clique aqui.

——————

Fotos: Victor Moriyama/Ana Luiza Voltolini Uwai