Notícias

[VAGAS]- Projeto Estrangeiras abre vagas para estagiários

fev 14, 2014 ittc

O Instituto Terra, Trabalho e Cidadania (ITTC), organização não governamental criada em 1997 que tem como principal objetivo o acompanhamento, a orientação e a defesa de pessoas em situação de prisão por meio de atendimento direto, educação de caráter emancipatório para a promoção da cidadania, e o fomento de um canal contínuo de diálogo público, está à procura de estudantes das áreas de DIREITO, RELAÇÕES INTERNACIONAIS E ADMINISTRAÇÃO para ESTAGIAR no PROJETO ESTRANGEIRAS.

O Projeto Estrangeiras, iniciado em 2001, desenvolve um trabalho com mulheres estrangeiras em conflito com a lei na cidade de São Paulo.O projeto atua com base no acompanhamento jurídico e social, consistindo na consulta processual do caso jurídico; na manutenção do contato da estrangeira com sua família e com o respectivo consulado; no acompanhamento de eventuais casos de problemas de saúde; gestantes; mulheres com filhos dentro das unidades prisionais ou com filhos abrigados no Brasil; e no acompanhamento da situação de mulheres egressas do sistema penitenciário. Buscamos articular ações com a Defensoria Pública e com outros órgãos estatais de forma a promover políticas públicas voltadas para mulheres estrangeiras em situação prisional baseadas nos Direitos Humanos.

Requisitos para as vagas:
 Ser estudante de Direito, Relações Internacionais ou Administração;
 Ter fluência em Inglês (a fluência em outros idiomas será valorizada);
 Interesse na área social e na luta pelos Direitos Humanos;
 Disponibilidade para início imediato.

Principais atividades:
 Atendimento direto às mulheres estrangeiras em unidades prisionais;
 Organização dos atendimentos;
 Acompanhamento e encaminhamento de demandas das atendidas;
 Contato com familiares, Consulados e Embaixadas;
 Planejamento e execução de grupos de educação popular em direitos com as estrangeiras.

Vem trabalhar com a gente !

Saiba mais no edital completo clicando AQUI .

Conheça o Projeto Estrangeiras .